miércoles, 2 de junio de 2010

5 de junho: Dia do meio ambiente

Onde desejamos viver?
Esse dia é aproveitado em todo o mundo para chamar a atenção para os problemas e para a necessidade urgente de ações. Se fazem declarações e se comprometem a tomar conta da Terra, mais são só promessas.
A questão ambiental é um assunto que consegue igualar todas as pessoas nesse planeta. O que acontece de um lado afetará aos outros!
O meio ambiente e a ecologia passaram a ser uma preocupação em todo o mundo, já a meados do século XX um biólogo alemão, Ernst Haeckel (1834-1919), estudou a relação dos seres vivos com o meio ambiente, propus o nome Ecologia para esse ramo do estudo da biologia.
Podemos, cada um de nós, já fazer a nossa parte... Precisamos economizar os recursos naturais. O ozônio está destruído, os raios ultravioletas estão afetando o sistema imunológico do homem. Os propelentes de sprays, dos chips de computadores e, principalmente, em aparelhos domésticos, como geladeira e ar-condicionado estão envenenando o ar. Os inseticidas utilizados em plantações são muito mais nocivos do que dizem as publicidades.
Os donos dos laboratórios são os encarregados das investigações e da difusão das contaminações. Pode-se ter confiança neles? As políticas dos governos não têm em conta isso. O sim?
O buraco da camada de ozônio, no entanto, continua aumentando e só deve estar recuperada na metade do século XXI. Mas isto se forem respeitadas todas a metas do Protocolo de Montreal...
As florestas originais, somente cobrem uma parte da superfície do planeta. As matas simplesmente desaparecem, sendo a principal forma de desmatamento as queimadas de grandes áreas para o cultivo da agricultura e a prática da pecuária. A comercialização da madeira, a expansão dos centros urbanos, a construção de estradas e o extrativismo de interesse econômico são outros importantes motivos que levam à devastação. As florestas morrem permanentemente...
A emissão de resíduos sólidos, líquidos e gasosos em quantidade acima da capacidade humana de absorção é o que chamamos de poluição.
Poluição do ar, das águas, do solo, sonora, diversas designações para um único problema:
A interferência negativa do homem no equilíbrio ambiental... Acho que é um raciocínio coletivo. O planeta contaminado não tem vida para ninguém. O 5 de junho lembraremos,... mais a contaminação é de todos os dias. A nossa é pequena, a dos poderosos é maiúscula. A única maneira: O cumprimento dos pactos internacionais.
Hilda